Tecnologia e equipamentos para minimizar a geração de resíduos

Tecnologia e equipamentos para minimizar a geração de resíduos

A preferência por equipamentos e máquinas automatizadas favorece a redução da geração de resíduos em obras; entretanto, o principal fator que impacta este tema é uma boa gestão construtiva. Mas, por que se preocupar com isso? Mais do que um compromisso de minimizar o impacto ambiental do empreendimento (o que agrega valor à obra), comprometer-se com a redução de resíduos também beneficia a economia de materiais e de verbas disponíveis para a construção do projeto.

Para ajudar gestores de obras, arquitetos e engenheiros civis a terem maior domínio sobre projetos, o mercado desenvolveu diversos softwares inteligentes e que dão apoio em planejamento e operação de acordo com o orçamento, evitando o desperdício de materiais e, consequentemente, de recursos financeiros. Assim, implementar sistemas de gestão é uma ótima maneira de se obter uma visão macro do projeto. O Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-h) é uma das opções que auxilia muito nessa tarefa.

Por meio do sistema é possível gerenciar diferentes etapas da obra que poderiam influenciar na geração de resíduos. Um dos pontos importantes, por exemplo, é a compra do número certo de material de construção, com previsão de margem de desperdício, mas que, ainda assim, não gere tanto entulho. Também é fundamental identificar cada material e esse sistema pode facilitar sua rastreabilidade por meio de etiquetas com códigos de barras e QR Codes.
Na operação, um dos equipamentos mais promissores para a redução de geração de resíduos é a impressora 3D. Por “imprimir” infraestruturas e paredes com a quantidade calculada de material, o equipamento minimiza o desperdício. Outra ótima funcionalidade é a possibilidade de se reutilizar e reciclar descartes de outras obras, uma vez que a impressora 3D pode ser usada para construir com mistura de concreto e polímeros excedentes. Conectada a sistemas de gestão e de modelagem 3D, o equipamento une todo o potencial da tecnologia desenvolvida para a Construção Civil.

Deseja entrar em contato com empresas e fornecedores de serviço que possuem tecnologia capaz de auxiliar na redução de resíduos? Visite Smart.Con! Com a sua primeira edição marcada para o primeiro semestre de 2020, a conferência técnica será palco para exposição do que há de mais recente em inovações tecnológicas voltadas para obras de engenharia, infraestrutura, Real Estate e Rental.